segunda-feira, maio 03, 2010

Caminho da Graça


A Bíblia conta a estória de um rapaz que andou pelo caminho da destruição, arrogância, do pecado, mas um dia decidiu entrar no caminho da graça. Esta parábola está em Lucas 15:11-24:
11 E Jesus disse ainda: Um homem tinha dois filhos.
12 Certo dia o mais moço disse ao pai: Pai, quero que o senhor me dê agora a minha parte da herança. E o pai repartiu os bens entre os dois.
13 Poucos dias depois, o filho mais moço ajuntou tudo o que era seu e partiu para um país que ficava muito longe. Ali viveu uma vida cheia de pecado e desperdiçou tudo o que tinha.
14 O rapaz já havia gastado tudo, quando houve uma grande fome naquele país, e ele começou a passar necessidade.
15 Então procurou um dos moradores daquela terra e pediu ajuda. Este o mandou para a sua fazenda a fim de tratar dos porcos.
16 Ali, com fome, ele tinha vontade de comer o que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.
17 Caindo em si, ele pensou: Quantos trabalhadores do meu pai têm comida de sobra, e eu estou aqui morrendo de fome!
18 Vou voltar para a casa do meu pai e dizer: Pai, pequei contra Deus e contra o senhor
19 e não mereço mais ser chamado de seu filho. Me aceite como um dos seus trabalhadores.
20 Então saiu dali e voltou para a casa do pai. Quando o rapaz ainda estava longe de casa, o pai o avistou. E, com muita pena do filho, correu, e o abraçou, e beijou.
21 E o filho disse: Pai, pequei contra Deus e contra o senhor e não mereço mais ser chamado de seu filho!
22 —Mas o pai ordenou aos empregados: Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Ponham um anel no dedo dele e sandálias nos seus pés.
23 Também tragam e matem o bezerro gordo. Vamos começar a festejar
24 porque este meu filho estava morto e viveu de novo; estava perdido e foi achado. E começaram a festa.

O pedido daquele filho, segundo os costumes da época, era o equivalente a desejar a morte do pai. Ele não quis somente a divisão da herança, porque o pai poderia viver do usufruto, ele quis dispor de sua parte. Seu pedido não podia esperar até que o pai morresse. Ele rompeu com seu pai, sua família, amigos e com Deus.
Quando perdeu tudo, poderia simplesmente colocar um fim em sua vida, mas ele decide tomar o caminho da graça.
O que é o caminho da graça? A graça de Deus é simplesmente Deus vindo à posição do pecador para tomar sobre Si a conseqüência dos pecados do pecador. ... Graça é Deus trabalhando em favor do homem. (Watchman Nee). Na verdade, eu entro pelo caminho da graça porque Alguém já o preparou para mim! É isso! Deus preparou esse caminho para o ser humano, porque por nós mesmos nós não conseguimos encontrar.
Para entrar no Caminho da Graça é necessário três condições:
A PRIMEIRA CONDIÇÃO: É CAIR EM SI
Caindo em si, ele pensou: Quantos trabalhadores do meu pai têm comida de sobra, e eu estou aqui morrendo de fome! v. 17.
É perceber onde estamos. Qual é a sua situação hoje? Aquele moço viu sua situação: chegou ao fundo do poço, a ponto de querer se alimentar das comidas dos porcos e nem isso ele podia. Só é possível entrar no caminho da graça quando chego ao fundo do poço, ou o “fundo do eu posso”, enquanto achamos que podemos alguma coisa, não entraremos pelo caminho.
A SEGUNDA CONDIÇÃO: TER ATITUDE
(v.18): “Levantar-me-ei e irei ter com o meu Pai”.
Ele tomou a decisão. Não adianta ter conhecimento de sua situação, saber em que ponto você está, sem tomar uma decisão firme e correta. Vou me levantar!
Tudo começou com uma atitude, que é um sentimento interior que se expressa pelo comportamento exterior. Ele se levantou primeiramente dentro de si. Ao decidir ir ter com o Pai, ele teve uma atitude positiva. Poderia simplesmente não fazer nada e acabar morrendo naquela situação.
A TERCEIRA CONDIÇÃO: ARREPENDER-SE
(v.18): “E dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante Ti”.
Arrepender-se é reconhecer sua condição e decidir regressar ao caminho correto.
O arrependimento começa com a confissão. A confissão deve ser resultado de um coração quebrantado diante da realidade do seu pecado.
“Então eu te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade. Resolvi confessar tudo a ti, e tu perdoaste todos os meus pecados.” (Salmo 32:5).
Jesus afirmou que Ele é o caminho! Você pode hoje entrar por Ele!
Talvez você pensou ou está pensando em acabar com sua própria vida por não ver solução para seus problemas. Em vez de desistir de viver, você pode entrar pelo caminho da graça, ter uma atitude correta e encontrar-se hoje com os braços do Pai!
Deus abençõe você!

Pastora Fátima

Um comentário:

Jamil disse...

Quantas vezes deixamos de nos arrepender....pedir perdão e termos gratidão!!

Esta mensagem tocou profundamente neste dia de hoje.

Obrigado sempre Pastora Fátima.

Ontem Domingo oramos muito por você e todos nossos irmãos da Igreja enquanto estávamos em nosso culto aqui!

Amamos vocês!

Família Kawasaki